Arquidiocese

Materiais e subsídios
Semana dos Seminários

[+info]

Desejo subscrever a newsletter do Arciprestado de Fafe
José António Ribeiro de Lima Carneiro | 19 Ago 2019
Mês Extraordinário Missionário vivido em Fafe
Arcebispo de Braga preside à Vigília inaugural na Igreja de S. José a 28 de Setembro
PARTILHAR IMPRIMIR
 

O Arcebispo de Braga D. Jorge Ortiga preside a uma Vigília Missionária, na Igreja de S. José, em Fafe, a 28 de Setembro, as 21h, na abertura do Mês Missionário Extraordinário. Fafe prepara-se acolher esta e algumas das principais iniciativas levadas a cabo na Arquidiocese que assinalam o Mês Missionário Extraordinário, convocado pelo Papa.

A Vigília pretende ser um momento de oração e de compromisso comunitário, dando, ao mesmo tempo, o “pontapé de saída” para um conjunto de iniciativas que respondem ao apelo do Santo Padre para assinalar criativamente o centenário da Carta Apostólica “Maximum Illud”, do Papa Bento XV, com a qual se deu um novo impulso à responsabilidade de anunciar o Evangelho. Nesta celebração serão enviados os missionários da Animação Missionária Ad Gentes (ANIMAG) que, durante duas semanas do mês de Outubro e Novembro, percorrerão as 37 paróquias do arciprestado.

O Arciprestado de Fafe em parceria com o Centro Missionário da Arquidiocese de Braga e em sintonia com as diretrizes emanadas da Congregação para a Evangelização dos Povos e das Obras Missionárias Pontifícias propõe-se realizar outras iniciativas, desde logo, uma cadeia de oração que incluirá e percorrerá todas as paróquias do arciprestado, unindo todos os cristãos na oração e na súplica pela causa das Missões.

Para 26 de Outubro está agendada uma Caminhada Arciprestal da Missão que envolverá, de modo especial, crianças, adolescentes e jovens da catequese, outros movimentos juvenis, como escuteiros e também os alunos que frequentam a disciplina de EMRC e todos os que aceitarem o desafio de fazer esta peregrinação entre o Santuário de Nossa Senhora da Ajuda, em Estorãos, e o Santuário de Nossa Senhora das Neves, na Lagoa-Aboim.

Estão também em perspectiva encontros nas Escolas do concelho, sobretudo por meio da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica e ações de formação cristã de adultos em datas a marcar e espalhadas pelo arciprestado.  

Como pede o Santo Padre, este mês extraordinário missionário não se trata exclusivamente de uma missão voltada para fora, mas de uma refontalização da fé cristã, de modo a que todos os batizados se sintam enviados e tomem verdadeiramente a peito o anúncio do Evangelho.

PARTILHAR IMPRIMIR
Arciprestado de Fafe
Contactos