Arquidiocese

Hi-God: Um dia com Deus
Inscrições abertas
(+info)

Desejo subscrever a newsletter do Arciprestado de Vila Nova de Famalicão
Departamento Arciprestal da Comunicação Social | 19 Jul 2017
Nomeado novo pároco para S. Tiago de Antas
D. Jorge Ortiga nomeou o P.e José Domingos Oliveira, sacerdote comboniano, para assumir a paroquialidade desta comunidade.
PARTILHAR IMPRIMIR
 

Tal como é habitual, no final de mais um ano pastoral, o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, perante as necessidades pastorais que foram surgindo, procedeu a diferentes nomeações no que respeita ao movimento eclesiástico na nossa Arquidiocese.

Das nomeações tornadas públicas pelo Arcebispo, no passado dia 16 de Julho, regista-se apenas uma alteração no que diz respeito às paróquias do Arciprestado de Vila Nova Famalicão.

Assim, o P.e Agostinho Carvalho Alves, sacerdote comboniano, foi “dispensado, a seu pedido e por razões de idade, da paróquia de S. Tiago de Antas, com a gratidão da Arquidiocese e da comunidade que serviu”. Por sua vez, o P.e José Domingos Fernandes de Oliveira, também sacerdote dos Missionários Comboniamos, foi “nomeado pároco” desta comunidade.

De referir que, a propósito das nomeações apresentadas, D. Jorge Ortiga, enfatizando a desejada renovação da Arquidiocese, a nível pastoral e paroquial, conforme atesta o lema que presidiu às suas Bodas de Ouro Sacerdotais, evocou as palavras do Papa Francisco na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, onde afirma: “Espero que todas as comunidades se esforcem por usar os meios necessários para avançar no caminho de uma conversão pastoral e missionária, que não pode deixar as coisas como estão.”

O prelado acrescentou ainda que “o Espírito Santo continua a chamar e a enviar”, lembrando que “a Arquidiocese de Braga necessita de jovens que ouçam o apelo para serem enviados para a alegre tarefa de anunciar a Palavra e edificar o Reino”. Por isso, o Arcebispo diz que “reza para que as vocações sejam amadas e estimadas por todos, tornando-se intérpretes de Deus para que o chamamento ecoe no coração de muitos jovens”, recordando que “a messe é grande e que a tarefa é sublime”, sendo que “a consequência natural é a felicidade para quem não teme seguir caminhos exigentes que não só prometem mas oferecem imensa alegria interior e exterior”.

A propósito destas nomeações, o Arciprestado de Vila Nova de Famalicão agradece ao P.e Agostinho Alves pelo serviço prestado até aqui e acolhe com afecto o P.e José Domingos Oliveira, desejando a ambos, assim como aos demais sacerdotes, as maiores felicidades no exercício da sua vocação.

PARTILHAR IMPRIMIR
Arciprestado de Vila Nova de Famalicão
Contactos