Liturgia Dominical
III Domingo do Advento | A
Arquidiocese

Caminhada Litúrgica
Advento e Natal

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Departamento para Ministros Extraordinários da Comunhão e Ministérios Litúrgicos
14 Jan 2016
Lectio Divina de Janeiro
PARTILHAR IMPRIMIR
 

II. Como age o Deus da misericórdia?

Lc 17, 11-19 (A purificação dos dez leprosos)

 

O texto

Quando caminhava para Jerusalém, Jesus passou através da Samaria e da Galileia. Ao entrar numa aldeia, dez homens leprosos vieram ao seu encontro; mantendo-se à distância, gritaram, dizendo: «Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós!» Ao vê-los, disse-lhes: «Ide e mostrai-vos aos sacerdotes.» Ora, enquanto iam a caminho, ficaram purificados. Um deles, vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus em voz alta; caiu aos pés de Jesus com a face em terra e agradeceu-lhe. Era um samaritano. 

Tomando a palavra, Jesus disse: «Não foram dez os que ficaram purificados? Onde estão os outros nove? Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?» E disse-lhe: «Levanta-te e vai. A tua fé te salvou».

 

Introdução

Antes de nos aproximarmos do texto, preparemo-nos interiormente para o acolher como Palavra de Deus. Faremos depois uns minutos de silêncio e concluiremos com uma breve oração, pedindo a Deus que nos abra o coração para entender a sua Palavra.

 

1. Leitura atenta do texto (Lectio)

 

a) Leitura. Proclama-se o texto, em voz alta, e todos escutam atentamente.

b) Silêncio. Cada um lê novamente a passagem, ajudado pelas notas da Bíblia. Depois, procurará responder a estas perguntas:

. Por que é que os leprosos se aproximam de Jesus? O que lhe pedem?

. Como é que Jesus reage a este pedido?

. Que fazem os leprosos ao ver que estavam limpos da sua doença?

. Quais são os gestos do leproso samaritano? Ensinam-nos alguma coisa sobre Jesus?

. Que revelam as palavras de Jesus dirigidas ao samaritano?

c) Partilha. Os participantes partilham a descoberta feita na leitura do texto e das notas, assim como o que não entenderam ou os surpreendeu. 

 

2. A mensagem do texto (meditatio)

a) Leitura. Lê-se, de novo, o texto em voz alta, enquanto todos escutam atentamente.

b) Silêncio. Interrogamo-nos:

. Olha à tua volta e responde: quem são os “leprosos”, na sociedade actual?

. De que lepra precisas de ser curado?

. De que coisas te sentes agradecido? Que lugar ocupa na tua vida de fé e acção de graças?

c) Partilhar. Os participantes partilham o que descobriram no momento do silêncio, tanto a nível pessoal como comunitário.

 

3. A palavra exige uma resposta (oratio-actio)

a) Leitura. Lê-se outra vez o texto, em voz alta, enquanto todos escutam com atenção.

b) Silêncio. Cada um reza pessoalmente, expressando o que esta passagem da Escritura lhe sugere que diga a Deus, procurando ver como pôr em prática o convite de Deus. Deixa que brote espontaneamente do teu coração a acção de graças.

c) Partilhar. Cada um pode fazer uma breve oração que seja reflexo do que se fez durante o tempo de silêncio ou partilhar com os outros o compromisso pessoal ou comunitário a que chegou.

 

Conclusão

O encontro pode terminar com uma oração comum e um cântico. 

Pode-se rezar o Sl 40 ou 41: o primeiro é uma acção de graças e pedido de auxílio; o segundo é uma prece de um doente abandonado.

PARTILHAR IMPRIMIR
Departamento Arquidiocesano para a Liturgia
Contactos
Morada

Rua S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Director

Pe. Rui Manuel Gomes Sousa

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui