Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS com La Croix International | 23 Jun 2022
Apenas a flutuar pela Cúria
Autoridades do Vaticano passaram as últimas três semanas à espera de uma onda de nomeações para a implementação da nova constituição apostólica para a Cúria Romana.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © DR

As pessoas estão como que a flutuar pela Cúria Romana nos últimos dias.

E por uma boa razão. Três semanas depois da nova constituição para a burocracia central da Igreja entrar em vigor, o Papa Francisco ainda precisa de fazer nomeações.

Isto criou uma atmosfera um pouco estranha nos corredores dos vários Dicastérios.

 Quando questionado pela sua equipa, um cardeal que lidera um dos gabinetes vaticanos respondeu: “óbvio que vou continuar”. Outro disse que não sabia nada e que tudo estava nas mãos do Papa.

Um prelado vaticano, que apresentou uma mensagem papal aos jornalistas na semana passada na Sala de Imprensa, foi admitido para um cargo que ainda não tem um título preciso.

O arcebispo Rino Fisichella, que presidiu ao Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização até 4 de Junho, foi apresentado simplesmente como o “bispo titular de Voghenza”.

Isso porque o Pontifício Conselho simplesmente desapareceu quando a nova Constituição Apostólica entrou em vigor. Juntou-se ao que antigamente era a Congregação para a Evangelização dos Povos.

O prefeito desta congregação, o cardeal Luis Antonio Tagle, das Filipinas, afirmou ao canal de televisão KTO a 24 de Maio que não sabia o que iria acontecer com o antigo Pontifício Conselho.

“Passaram-se três semanas e ninguém sabe quem vai fazer o quê”, disse um leigo italiano que trabalha há anos no Vaticano.

“Os superiores não sabem se irão continuar ou se serão enviados para outro lugar. Tudo está um pouco paralisado”, continuou.

Outro funcionário, cujo dicastério em que trabalha mudou de nome, lamentou o facto de nada ter sido preparado para as novas mudanças.

“Não temos cabeçalhos para inserir nos documentos”, disse.

Por enquanto, embora os organismos supostamente devessem fundir-se, ninguém começou a mudança. Todos esperam por ordens dos superiores que ainda não foram nomeados.

“As pessoas querem mudar tudo da noite para o dia”, observou um cardeal próximo do Papa. “Isso não é possível. Se fosse assim, precisaríamos de uma longa noite”.

Artigo de Loup Besmond de Senneville, publicado no La Croix International a 20 de Junho de 2022.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Vaticano  •  Papa Francisco  •  Cúria Romana  •  Reforma
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui