Arquidiocese

Semeadores de Esperança: VII Tema
[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com Vatican News | 12 Jun 2018
Para o Papa, ser sal e luz é o testemunho diário do cristão
O Sumo Pontífice declarou que os cristãos são chamados a dar um "testemunho simples", chamando-lhe "santidade diária".
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Vatican Media

Ser sal e luz para os outros, sem atribuir méritos. Este é o simples testemunho diário para o qual o cristão é chamado, disse hoje o Papa Francisco na homilia da missa celebrada esta Terça na capela da Casa de Santa Marta.

“Parece pouco”, mas o Senhor “com pouco faz milagres, faz maravilhas”, afirmou Francisco. Para tal é preciso ter uma atitude de “humildade”, que consiste em ser "sal para os outros, luz para os outros: porque o sal não dá sabor a si mesmo mas serve outros; a luz não se ilumina a si mesma mas serve outros. É o testemunho simples."

O Papa afirmou que o testemunho cristão significa ser luz para os outros, "para os ajudar nas horas mais negras": "O Senhor diz: “Tu és sal, tu és luz”. Mas sejamos de forma a que outros vejam e glorifiquem Deus. E tu não irás receber sequer nenhum mérito. Quando comemos não elogiamos o sal. Dizemos que a massa ou a carne é boa... Quando, à noite, vamos dormir, não dizemos que a luz é boa. Ignoramos a luz, mas vivemos iluminados pela luz. Esta é uma dimensão que faz com que nós, cristãos, sejamos testemunhas anónimas."

“Não somos protagonistas dos nossos méritos”, destacou ainda o Papa, reiterando que não se deve fazer como o fariseu, que agradece ao Senhor pela sua santidade: "Uma bela oração para todos nós, no final do dia, seria perguntar "Fui sal hoje? Fui luz hoje?”. Esta é a santidade de todos os dias. Que o Senhor nos ajude a entender isso."

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento de Comunicação
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 BRAGA

TEL

253 203 180

FAX

253 203 190