Arquidiocese

Horários

Catequese Digital

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
Colaborador | 4 Jun 2010
Faleceu o Ex.mo e Rev.mo Senhor D. Carlos Francisco Martins Pinheiro
O Funeral realiza-se amanhã, sábado, na Sé Catedral de Braga, às 10h00. Posteriormente, às 15h00 será celebrada Missa exequial na vila de Ponte de Lima. O referido Prelado será sepultado na sua terra natal, Vila Praia de Âncora, onde também será celebrada Missa Exequial às 17h30.
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 

Faleceu o Ex.mo e Rev.mo Senhor D. Carlos Francisco Martins Pinheiro, Bispo Titular de Dume, Auxiliar de Braga.
O Funeral realiza-se amanhã, sábado, na Sé Catedral de Braga, às 10h00. Posteriormente, às 15h00 será celebrada Missa exequial na vila de Ponte de Lima. O referido Prelado será sepultado na sua terra natal, Vila Praia de Âncora, onde também será celebrada Missa Exequial às 17h30.
 
Elementos Biográficos 
Carlos Francisco Martins Pinheiro, filho de José Maria Pinheiro e de Carlota Joaquina Martins Pereira, nasceu a 30 de Maio de 1925, em Vila Praia de Âncora.
Após ter concluído a Instrução Primária, frequentou a Escola Comercial e Industrial de Viana do Castelo, durante um ano. Em 1939 ingressou no Seminário de Nossa Senhora da Conceição, em Braga, onde estudou humanidades. A partir de 1947 curso Filosofia e Teologia, no Seminário Conciliar, Braga. Em 1950 Director do “Cenáculo” – revista dos Seminários – Braga.
Foi ordenado sacerdote a 8 de Julho de 1951, em Braga, e logo a seguir, nomeado Prefeito, Professor e Ecónomo do Seminário de Filosofia, Braga.
Em 1953 foi nomeado para Coadjutor do Senhor Cón. Correia, pároco da vila de Ponte de Lima, capelão do Hospital da Santa Casa da Misericórdia e do Colégio D. Maria Pia. No ano seguinte ocupou, o lugar de Prior de Ponte de Lima e pároco de Feitosa e Arca, e em 1958, Arcipreste do Julgado Eclesiástico de Ponte de Lima.
Durante a sua permanência em Ponte de Lima, 19 anos como pároco, exerceu diversos cargos: Vice-Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Director do Externato Liceal Cardeal Saraiva, Presidente da Direcção da Oficina S. José, Professor no Externato e Colégio, lançou a Caritas Paroquial, fundou o Museu dos Terceiros e o Instituto Limiano. Para a instalação destas instituições restaurou as Igrejas de Santo António dos Frades e da Ordem Terceira e seus anexos, em estado de ruína. Organizou várias exposições culturais em colaboração com o Museu Soares dos Reis do Porto, com a ajuda da câmara Municipal e da Fundação Calouste Gulbenkian, restaurou a Igreja Matriz degradada e em ruína eminente.
Licenciado em Direito Canónico pela Universidade Pontifícia de Salamanca, Espanha, exerceu no último ano de paroquialidade de Ponte de Lima, o cargo de Vice-Reitor do Seminário de Filosofia, durante o ano 1968, sendo nomeado no mesmo ano Pró-Vigário Geral da Arquidiocese de Braga.
Em 1958 foi investido como Cónego da Sé Primaz de Braga.
No ano de 1978, o Senhor Arcebispo de Braga, D. Eurico Dias Nogueira, numa linha de inalterável linha de colaboração com o Exmo. e Revmo. Senhor D. Júlio Tavares Rebimbas, Bispo do Porto, na altura Bispo de Viana do Castelo, acedeu a que o Cónego Carlos F. M. Pinheiro então Vigário Geral de Braga, colocasse os seus préstimos ao serviço da nova Diocese de Viana do Castelo, onde exerceu os cargos de Vigário Geral, Juiz do Tribunal Eclesiástico e Presidente da Comissão de Arte e Cultura.
Em 22 de Fevereiro de 1982, o Papa João Paulo II nomeou-o Capelão, com o título de Monsenhor.
Em 22 de Fevereiro de 1985 foi eleito pelo Papa, Bispo Titular de Dume e Auxiliar de Braga.
A ordenação Episcopal teve lugar em 28 de Abril do mesmo ano, na Cripta do Sameiro, Braga, com a presença de quase todos os Bispos Portugueses e alguns da Galiza e muito clero e cristãos das dioceses de Braga e Viana do Castelo e, particularmente, uma larga representação dos Pontelimenses.
Além do múnus episcopal e do cargo de Vigário Geral, foi presidente da Comissão Diocesana de Arte Sacra e Obras e foi-lhe confiada de modo especial, a região pastoral dos arciprestados de Vila do Conde e Póvoa de Varzim, Esposende, Barcelos e Vila Verde.
A nível nacional, foi membro da Comissão Episcopal Mista Bispos/Religiosos.
Em 10 de Novembro de 2000 passou a Bispo Emérito, residindo, a partir dessa data, em Ponte de Lima, sempre com ligações a Braga.
Publicou em 1949, “A Ínsua de Caminha”;
Em 1974, “Museu de Arte Sacra de Ponte de Lima” – subsídios para a sua história;
Em 1963, “O Novo Altar-Mor da Igreja Matriz”;
Em 1971, O Colégio D. Maria Pia e a sua influência na comunidade paroquial de Ponte de Lima.
Em 1962-1982, Instituto Limiano – Museu dos Terceiros – Documentos;
Em 1983, Guia do Visitante do Museu dos Terceiros (bilingue)
S/data Instituto Limiano – Museu dos Terceiros, c/ ilustrações.

 

PARTILHAR IMPRIMIR
Departamento para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190